MUDAS DE MOGNO AFRICANO

O Mogno Africano é, atualmente, uma das madeiras nobres mais comercializadas em todo o mundo graças à sua alta qualidade e custo-benefício, fazendo com que seja considerado um ótimo investimento a médio e longo prazo. Devido à sua ótima compatibilidade com o clima brasileiro, o Mogno Africano é a principal madeira nobre cultivada no país.

O nome “mogno” é usado para caracterizar todas as madeiras que possuem uma cor castanho-avermelhada e que são de origem tropical. O Mogno Africano é originário da costa ocidental da África.

Por causa da sua beleza incomparável e sua grande durabilidade, ele é usado em várias áreas, como na produção de móveis, construção naval e de peças ornamentais.

A ÁRVORE DO MÓGNO AFRICANO

A árvore de Mogno Africano fornece uma das madeiras mais nobres que é possível encontrar no mercado atualmente, além também de garantir uma alta qualidade e possuir um grande valor agregado. Tudo isso faz dessa madeira um excelente investimento a médio e longo prazo.

CICLO MÓGNO AFRICANO

1º Desbaste

R$ 3.834,11

No terceiro ano, será necessário eliminar indivíduos, cerca de 716 árvores, para que as demais possam desenvolver melhor. Comercializadas podem render R$ 3.834,11 por hectares.

2º Desbaste

R$ 7.556,76

No sétimo ano, retirada em média 475 árvores. No mercado, elas podem ser negociadas por um valor médio de R$ 7.556,76. Ao atingir a idade de 12 anos, as árvores começam a produzir sementes, que podem ser comercializadas.

3º Desbaste

R$ 312.087,48

No 12º ano de cultivo, ocorre o corte de 238 árvores, que já estão mais maduras, podendo gerar uma receita bruta de R$ 312.087,48 por hectare ao produtor. Nesta etapa o mogno começa a ser rentável.

Corte final

R$ 637.524,15

Aos 17 anos, é possível realizar o corte final da floresta. A madeira de Mogno Africano, serrada e seca, chega a valer US$ 1 mil por metro cúbico no mercado internacional. Por hectare, o lucro bruto médio gira em torno de R$ 637.524,15

ARTIGO

Conheça a floresta do escritor Augusto Cury

Campeão de vendas de livros, o médico psiquiatra é o maior plantador de mogno-africano do País

LER O ARTIGO

VÍDEOS

adminHome